Minas Gerais Em uma semana, MG registra mais 11 mortes e 41 mil casos de dengue

Em uma semana, MG registra mais 11 mortes e 41 mil casos de dengue

Balanço da Secretaria de Estado de Saúde indica 289 mil casos suspeitos da doença este ano; número de contaminações é o terceiro maior da década 

Doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti

Doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti

Reprodução / Pixabay

Em uma semana, o número de mortes provocadas por dengue em Minas Gerais subiu de 38 para 49. Os dados foram divulgados pela Ses (Secretaria de Estado de Saúde), na manhã desta terça-feira (21).

Segundo o balanço, o número de casos prováveis (confirmados e suspeitos) também não parou de crescer. Desde o último levantamento feito, na última segunda-feira (13), 41.898 nomes passaram a integrar a lista, que agora conta com 289.500 notificações.

Este já é o terceiro ano com mais casos de dengue registrado nesta década. A epidemia atual só perde para os anos de 2013 e 2016, quando o Estado registrou, respectivamente, 414.719 e 519.050 casos.

A Ses destaca que o aumento de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti (dengue, zika e chikungunya) é esperado nesta época do ano, que tem dias chuvosos e quentes. Para tentar conter a situação, o Governo de Minas Gerais intensificou as ações de conscientização e liberou verbas extras para os municípios em situação de emergência.

Veja mitos e verdades sobre o tratamento de dengue: