Minas Gerais Estudante de medicina de BH denuncia ex por agressão

Estudante de medicina de BH denuncia ex por agressão

Briga ocorreu no apartamento do suspeito, em bairro nobre da cidade; após repercussão, outras supostas vítimas surgiram

  • Minas Gerais | Shirley Barroso, da Record TV Minas

Uma estudante de medicina de Belo Horizonte denuncia ter sido agredida pelo ex-namorado, na Savassi, bairro nobre da região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Gabriela Duarte, de 22 anos, relata que foi atacada na última semana no apartamento do também estudante de medicina José Flávio Carneiro, de 27 anos, após questioná-lo sobre um outro relacionamento que ele estaria mantendo.

Imagens feitas pela jovem após as agressões mostram hematomas no rosto e um sangramento em sua orelha. De acordo com o boletim de ocorrência registrado, a universitária foi socorrida por vizinhos que ouviram seus gritos e ameaçaram a invadir o imóvel.

Carneiro foi detido em flagrante por lesão corporal e liberado após pagamento de fiança. A Polícia Civil solicitou à Justiça medida protetiva de urgência para a vítima e investiga o caso.

O investigado não atendeu as ligações da reportagem. Procurado por mensagens de texto, o jovem parou de respondera produção após ser perguntado se queria se manifestar sobre o assunto.

Histórico

Em entrevista à Record TV Minas, Gabriela Duarte conta que viveu em uma relação abusiva por quase dois anos e já teria sido agredida outras vezes. Segundo a jovem, o namorado a manipulava a não contar para os pais sobre as agressões. A universitária teria terminado o namoro com o suspeito, mas voltou atrás.

— Teve uma vez que ele saiu da cidade dele, no Mato Grosso, e veio me pedir para voltar, para falar o quanto me amava. Ele chorava, olhava no fundo do meu olho. Era uma coisa muito forte o que ele fazia comigo.

Estudante mostra marcas de agressões

Estudante mostra marcas de agressões

Reprodução

Após reatarem o relacionamento, a estudante teria sido agredida pelo namorado por se recursar a se relacionar sexualmente com ele.

Outros relatos

Ao expor o caso em uma rede social, Gabriela Duarte outras mulheres que também teriam sido vítimas de Carneiro fizeram contato com a universitária.

— E eu me questiono quem eu trouxe para a minha casa. Eu gostei dele, mas nem sei de quem eu gostei. Eu desejo que alguma vez na vida ele sofra a consequência de alguma coisa que ele faça.

Últimas