Minas Gerais Explosão em gasômetro da Usiminas deixa feridos em Ipatinga (MG)

Explosão em gasômetro da Usiminas deixa feridos em Ipatinga (MG)

Moradores da cidade sentiram tremor em vários bairros; acidente em um gasômetro da empresa, que precisou ser evacuada

Fumaça pôde ser vista de longe

Fumaça pôde ser vista de longe

Reprodução / RecordTV Minas

Uma explosão num gasômetro da Usiminas, em Ipatinga, na região do Vale do Aço, às 12h33 desta sexta-feira (10), causou pânico na cidade. Trinta e quatro pessoas, entre funcionários e prestadores de serviços da siderúrgica, ficaram feridos e foram socorridos num hospital local. Nenhum corre risco de morte.

Órgãos do Estado e da Prefeitura vão monitorar a qualidade do ar. A explosão foi registrada em Brasília: o Observatório Sismológico da UNB registrou uma vibração correspondente a um tremor de 1,86 na escala Richter.

A explosão danficou parte da estrutura de imóveis. No prédio da Câmara Municipal, vidraças se despedaçaram e parte do forro despencou. O expediente no Legislativo foi encerrado logo após o acidente.

Escolas e universidades também suspenderam as aulas. Algumas empresas também liberaram os funcionários. O trânsito ficou caótico durante a tarde.

Explosão aconteceu no gasômetro da empresa

Explosão aconteceu no gasômetro da empresa

Reprodução / RecordTV Minas
Explosão causou incêndio e deixou feridos

Explosão causou incêndio e deixou feridos

Reprodução / RecordTV Minas

Apesar do susto, o major Alexsandro Nunes, do Corpo de Bombeiros da cidade, disse que não foi necessário evacuar as casas que ficam na região.

Vídeos feitos por funcionários da Usiminas e vizinhos da indústria viralizaram nas redes sociais. Muitos posts ressaltaram que algumas pessoas, apavoradas, decidiram deixar a cidade até que órgãos públicos confirmem que não houve vazamento de gás tóxico.

O receio surgiu em razão de funcionários da usina relatarem, nas redes sociais, do risco de vazamento de gás tóxicos. A empresa, entretanto, assegurou que o encanamento do produto foi fechado para que isso não ocorresse.

A prefeitura divulgou que exigirá da Usina um laudo que assegure a qualidade do ar. O Ministério Público de Minas Gerais também irá acompanhar o caso. Nesta tarde, um promotor foi conferir de perto o estado de saúde dos feridos.

Feridos

Os 34 trabalhadores foram encaminhados para o Hospital Márcio Cunha. De acordo com o major dos Bombeiros, nenhum deles teve ferimentos graves.

Em nota, a Usiminas informou que evacuou a área e que brigadistas da empresa já trabalham no local.

Funcionário

Na última quarta-feira (8), um trabalhador morreu dentro da empresa enquanto faziam a manutenção de um equipamento. O homem, de 38 anos, era funcionário de uma empreiteira que prestava serviço no local. A causa da morte dele não foi divulgada.

Confira a nota na íntegra:

"A Usiminas informa que registrou uma explosão em um gasômetro da Usina de Ipatinga. Até o momento, não há registro de vítimas e toda a área de risco da Usina foi evacuada. A equipe de brigadistas da empresa está atuando no local e a canalização de gás já foi bloqueada, não havendo vazamento."

    Access log