Minas Gerais Extrema (MG) confirma transmissão comunitária da variante Ômicron 

Extrema (MG) confirma transmissão comunitária da variante Ômicron 

Prefeitura fez o comunicado pela internet sem dizer a quantidade de casos; Secretaria de Estado de Saúde diz que não foi notificada

  • Minas Gerais | Ana Gomes, Do R7

Transmissão na cidade seria comunitária

Transmissão na cidade seria comunitária

DADO RUVIC/REUTERS

A Prefeitura de Extrema, a 483 km de Belo Horizonte, confirmou que a variante Ômicron foi identificada na cidade. A administração municipal divulgou a informação, nesta segunda-feira (20), por redes sociais e não especificou a quantidade de casos.

Ainda segundo a prefeitura, a transmissão aconteceu de forma comunitária, ou seja, aquela que não permite rastrear a origem da infecção. O comunicado diz que durante a última semana amostras de casos positivos e suspeitos foram enviadas para a busca da nova cepa da Covid-19, e a existência foi confirmada ontem (20).

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Estado de Saúde informou que até o momento não foi comunicada e que não realizou exames para a identificação da variante em Extrema. O governo reforçou ainda que os casos confirmados no estado permanecem os três divulgados na última sexta-feira (17). Os pacientes são duas mulheres e um homem vindos de Moçambique e da África do Sul.

Últimas