Minas Gerais Família denuncia agressões contra menino de 3 anos em escola infantil

Família denuncia agressões contra menino de 3 anos em escola infantil

Caso aconteceu em Brumadinho, na Grande BH; criança foi parar em UPA, com vários hematomas no corpo e corte na cabeça

  • Minas Gerais | Ricardo Vasconcelos, da Record TV Minas

Menino sofreu agressões em unidade de educação infantil

Menino sofreu agressões em unidade de educação infantil

Divulgação/Vale

A Polícia Civil vai investigar uma denúncia de agressão contra um menino de 3 anos, na manhã desta terça-feira (3), dentro de uma (EMEI) Escola Municipal de Educação Infantil, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

Em nota, a Secretaria de Educação da cidade lamentou o episódio, dizendo que o menino foi agredido por outra criança enquanto dormia.

Foi a família da criança quem procurou o jornalismo da Record TV Minas para fazer a denúncia. "Recebemos uma ligação da escola durante a manhã dando conta que o Benício tinha machucado, sofrido uma queda de própria altura", contou a tia, Helga Karla.

Segundo ela, depois de encontrar o sobrinho, tomou um susto, por conta dos ferimentos. "O menino sofreu um corte na cabeça e vários hematomas por todo corpo. Como foi queda da própria altura?", questionou. Depois de pressionar a direção da escola, recebeu outra explicação, que as agressões poderiam ter sido causadas por outro menino.

"Como uma criança de 3 anos poderia ter cometido tamanha brutalidade. Queremos uma explicação, porque essa não convenceu", cobrou Helga. Depois da escola, acompanhada da irmã, mãe de Benício, as duas seguiram para uma (UPA) Unidade de Pronto Atendimento, onde o menino tomou dois pontos da cabeça e recebeu medicação.

A Polícia Militar foi acionada à unidade de saúde e registrou um boletim de ocorrência. Depois, a família seguiu para Polícia Civil, que instaurou um inquérito para investigar o caso. Mãe e tia ainda estiveram no IML (Instituto Médico Legal), onde o menino passou por exame de Corpo de Delito.

Veja a íntegra da nota

A Secretaria Municipal de Educação lamenta profundamente o incidente ocorrido na manhã de terça-feira (03/05), na EMEI Parque da Cachoeira, em que uma criança sofreu ferimentos após ser agredida por outra, enquanto dormia. 

De acordo com a direção da Escola, o episódio ocorreu após o educador se ausentar da sala para acompanhar uma outra criança que precisava ir ao banheiro. Na ausência do profissional houve a agressão.

Imediatamente, a criança foi socorrida e conduzida ao PSF, localizado ao lado da unidade educacional, para que fossem prestados os primeiros socorros. Posteriormente a criança foi encaminhada para a UPA pela própria equipe educacional.

A Secretaria Municipal de Educação reitera que não faz parte do procedimento deixar qualquer aluno desacompanhado e que o episódio é um caso isolado. Contudo os profissionais serão advertidos administrativamente.

A Secretaria destaca ainda que todos os educadores recebem capacitação e treinamentos frequentes e se coloca a disposição dos pais da criança agredida, para que seja prestada toda e qualquer assistência necessária.

Últimas