Minas Gerais Família protesta contra prisão de caminhoneiro por tráfico em MG

Família protesta contra prisão de caminhoneiro por tráfico em MG

Defesa diz que o motorista não sabia que transportava 140 kg de maconha; entrega foi negociada por meio de aplicativo

  • Minas Gerais | Shirley Barroso, da Record TV Minas

Parentes e amigos de um caminhoneiro acusado de tráfico de drogas fizeram uma carreata de protesto à prisão do homem em Itamarandiba, a 406 quilômetros de Belo Horizonte. Eles afirmam que Bruno Pires, de 29 anos, é inocente.

Familiares pedem justiça por caminhoneiro

Familiares pedem justiça por caminhoneiro

Reprodução / Record TV Minas

O caminhoneiro foi preso em abril deste ano em Ariquemes, em Rondônia. No caminhão dele, a polícia encontrou 140 quilos de maconha dentro de um freezer sem nota fiscal.

Segundo o advogado Edivaldo Fernandes, o motorista estaria transportando um frete do Acre com sentido ao Paraná, sem saber o que estava no interior da carga. A viagem foi combinada por meio de um aplicativo que faz a intermediação de cargas. A novidade tecnológica permite que o caminhoneiro consiga outro frete para a viagem de volta após descarregar.

Veja também: Família de jovem morto em ação da PM faz protesto na Grande BH

O advogado ainda acredita que Bruno Pires tenha sido vítima de um golpe de traficantes, que contrataram o transporte da droga usando o aplicativo.

— Estamos fazendo esse movimento para tentar levar esse caso do Bruno para que mais pessoas tenham conhecimento e que outros caminhoneiros não caiam no mesmo golpe que ele, disse Edivaldo Fernandes.

Aos policiais, Bruno Pires teria dito que o caminhão estaria descarregado. Ainda segundo a polícia, o motorista negou o crime, mas demonstrou nervosismo ao ter que descarregar o veículo.

Últimas