Minas Gerais Família revela que idoso foi espancado e morto após denúncia falsa de abuso sexual em BH 

Família revela que idoso foi espancado e morto após denúncia falsa de abuso sexual em BH 

Irmã da vítima havia registrado o desaparecimento dele na Polícia Civil, no domingo (7)

  • Minas Gerais | Núbia Roberto, Weverton Cardoso* e Túlio Melo, da Record TV Minas

Idoso estava desaparecido desde o domingo (7)

Idoso estava desaparecido desde o domingo (7)

Reprodução/Redes Sociais

A família de Marco Antônio Ferreira das Chagas, de 65 anos, revela que o idoso foi morto após uma falsa denúncia de abuso sexual. O corpo de Chagas foi sepultado, nesta sexta-feira (12), às 11h, no Cemitério da Saudade, na região leste de Belo Horizonte. 

· Compartilhe esta notícia no WhatsApp
· Compartilhe esta notícia no Telegram

A irmã da vítima havia denunciado o desaparecimento dele na Polícia Civil no último domingo (7). Ela afirma que teria recebido um vídeo de moradores da região leste de um homem sendo morto e queimado. A irmã teria reconhecido o irmão nas imagens. 

De acordo com a família, a vítima teria dado entrada no Hospital João 23 sem documentos. No bolso da calça dele, foram encontradas partes da CNH queimadas. O corpo dele foi identificado no IML na quarta-feira (10).

Ainda segundo o registro feito pela irmã, a família tinha conhecimento de que a vítima estava num relacionamento conturbado com uma mulher, também moradora do bairro Vera Cruz.

Últimas