Minas Gerais Guarda é preso após atirar para cima ao ser expulso de festa em BH

Guarda é preso após atirar para cima ao ser expulso de festa em BH

Agente de Contagem (MG) afirma que o dono da festa agrediu sua esposa; Corregedoria vai apurar o caso e guarda pode ser demitido

Guarda de Contagem foi preso em Belo Horizonte

Guarda de Contagem foi preso em Belo Horizonte

Reprodução / Instagram

Um guarda municipal de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi preso na manhã de domingo (10), após ser flagrado fazendo disparos para o alto em uma rua do bairro Inconfidência, na região Noroeste de Belo Horizonte.

Segundo informações da Polícia Militar, uma viatura estava a caminho para atender um chamado, quando os policiais ouviram disparos e decidiram mudar a rota. Ao chegarem na avenida Abílio Machado, encontraram o suspeito, de 31 anos, acompanhado por duas pessoas. O homem estava com uma arma de fogo na mão e fazia disparos para cima.

Veja: Homem é preso após fugir a cavalo de abordagem policial em Minas

O suspeito e os dois colegas foram abordados. Aos militares, o homem se identificou como agente da Guarda Municipal de Contagem e afirmou que foi expulso de uma festa pelo organizador do evento, que também agrediu a esposa dele. Segundo a Polícia Militar, não houve nenhum chamado na região sobre crime de violência contra a mulher.

O guarda foi preso e levado para a delegacia de plantão do bairro Alípio de Melo, na Pampulha. O outro homem foi ouvido e liberado.

Em nota, a Prefeitura de Contagem informou que o agente estava de folga no domingo e portava uma arma particular. A Corregedoria do órgão abriu um procedimento de invetigação interna e, durante as investigações, o suspeito vai realizar trabalhos administrativos e não poderá portar armas. Também foi aberto um processo administrativo que pode resultar até em exoneração.

*​Estagiário do R7 sob a supervisão de Flávia Martins y Miguel.

Últimas