Minas Gerais Homem é condenado a 42 anos por matar esposa com 19 facadas em BH

Homem é condenado a 42 anos por matar esposa com 19 facadas em BH

Assassinato teria sido cometido após discussão sobre caminhada; vítima morreu após levar 19 facadas, mas réu diz que só se lembra de um golpe

  • Minas Gerais | Marcella Gasparete, da RecordTV Minas, e Célio Ribeiro*, do R7

´Réu foi condenado a 42 anos e 2 meses de prisão

´Réu foi condenado a 42 anos e 2 meses de prisão

Joubert Oliveira / TJMG

O 1º Tribunal do Júri de Belo Horizonte condenou a 42 anos e dois meses de prisão um homem acusado de matar a esposa a facadas e ferir a irmã dela, que tentou salvar a vítima.

O crime foi cometido em março de 2019, no bairro Paulo 6º, na região Nordeste da capital mineira. O casal havia realizado uma caminhada e, durante o percurso, a vítima teria caído. Chegando em casa, a mulher teria reclamado com o homem porque ele não teria ajudado ela na hora da queda.

O réu, de 40 anos, pegou a faca e deu 19 golpes na vítima. Ela morreu na hora, na frente da mãe e da filha, que tinha apenas três anos à época. A irmã dela e o cunhado também foram agredidos. Após cometer o crime, o suspeito ainda tentou se matar dando facadas no pescoço e na barriga, mas acabou sobrevivendo.

Julgamento

O julgamento deste caso foi iniciado na manhã desta quinta (3). Durante o depoimento, a mãe da vítima contou que nunca tinha visto o casal brigando e acreditava que eles tinham um relacionamento estável.

O acusado se defendeu dizendo que não tinha a intenção de matar a esposa e que só cometeu o crime pois estaria bêbado. Ele contou que só se lembra de ter dado a primeira facada e não se recordaria dos 18 golpes de faca seguintes.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas