Minas Gerais Homem invade hotel para tentar matar Ana Hickmann

Homem invade hotel para tentar matar Ana Hickmann

Agressor que se dizia "fã" de Ana atingiu a cunhada de Ana ao disparar contra apresentadora

Homem invade hotel para tentar matar Ana Hickmann

Ana Hickmann não foi atingida pelos disparos

Ana Hickmann não foi atingida pelos disparos

Edu Moraes/Divulgação/Rede Record

Um atirador invadiu o Hotel Caesar Business na tarde deste sábado (21), no bairro Belvedere, zona Sul de Belo Horizonte (MG), com a intenção de matar a apresentadora da Rede Record Ana Hickmann. Ana estva hospedada no local para participar de um evento na capital mineira.  

O homem armado invadiu o quarto da apresentadora e efetuou disparos. Ana não foi atingida. Os tiros balearam a cunhada de Ana, Giovana Oliveira, no abdômen e na altura do braço. A cunhada da apresentadora já passou por uma cirurgia no hospital Biocor, que fica próximo ao hotel. Giovana está agora no quarto do hospital e seu quadro é estável, sem previsão de alta.

Após atirar no quarto da apresentadora, o agressor fugiu pelo corredor do hotel. Gustavo Corrêa, cunhado de Ana Hickmann, correu até ele. Houve uma briga. O cunhado conseguiu desarmar o homem e atirou contra ele, matando o agressor.

O atirador foi identificado como Rodrigo Augusto de Pádua, mineiro de 30 anos. Era solteiro e não tinha filhos. Após o ocorrido, o irmão de Rodrigo disse que ele era "tranquilo e tímido" e "fã da apresentadora". Ele, no entanto, reconheceu que o irmão sofria de algum "desequilíbrio".

No Instagram, Rodrigo se dizia "fã" e declarava seu "amor" à Ana havia pelo menos dois anos. A página do atirador tem dezenas de fotos de Ana. 

Ana Hickmann posta vídeo em rede social momentos antes de sofrer tentativa de homicídio

O corpo de Rodrigo Augusto de Pádua foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal).

Atirador estava hospedado no hotel

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, o atirador estava hospedado no hotel desde a noite de sexta-feira (20) no 13º andar. Usou o cartão de crédito do pai para fazer a reserva, de acordo com a Polícia Militar. Com um revólver calibre 38 nas mãos, abordou o cunhado de Ana no 9º andar do hotel, onde o rendeu e pediu para que o levasse até o quarto de Ana.

Atirador usou cartão de crédito do pai para se hospedar em hotel de Ana Hickman

Quando chegou ao quarto, ordenou que a apresentadora, e a cunhada, Giovana, mulher de Gustavo, ficassem sentados, de costas para ele. Começou a ofender e ameaçar os três. Disse "palavras desconexas, sem sentido", contou Gustavo depois.

Gustavo disse que percebeu o descontrole de Rodrigo e tentou desarmá-lo. Nesse momento, Rodrigo atirou em direção à Ana. Os disparos, porém, acertaram Giovana.

Famosos repercutem o caso e enviam mensagens de apoio à Ana 

Rodrigo deixou o quarto e Gustavo foi atrás dele. Os dois brigaram, e Gustavo o desarmou, atirando contra ele. Segundo disse à polícia, disparou em legítima defesa durante a briga.

Record dIvulga comunicado sobre atentado à Ana Hickmann

Giovana foi então levada ao hospital. Passou por cirurgia e passa bem. Ana prestou depoimento à polícia e tenta se recuperar do episódio.

Veja o vídeo do Cidade Alerta com a reportagem sobre o caso:

Atirador foi identificado como Rodrigo Augusto de Pádua (à direita)

Atirador foi identificado como Rodrigo Augusto de Pádua (à direita)

Reprodução/Rede Record