Minas Gerais Homem que sequestrou criança em BH já matou a namorada e deixou rato na boca da vítima

Homem que sequestrou criança em BH já matou a namorada e deixou rato na boca da vítima

Leandro Mendes Pereira foi condenado a 13 anos de detenção pelo assassinato cometido em 2008; o criminoso já estava solto

  • Minas Gerais | Do R7

Pereira foi condenado em 2011

Pereira foi condenado em 2011

Reprodução / Record TV Minas

O homem baleado após ter mantido o ex-enteado de 7 anos e um jovem reféns por 16 horas em Belo Horizonte já cumpriu pena por ter assassinado a então namorada, em 2008.

Segundo as investigações, o crime aconteceu com requintes de crueldade. Rosana Batista Cândido foi asfixiada na cama. Um rato foi deixado na boca da vítima.

Leandro Mendes Pereira, de 39 anos, foi condenado, em 2011, a 13 anos de prisão. Ele cumpriu oito e foi liberado do sistema prisional.

“Ele foi preso e pagou tudo direitinho. Ele não tinha nada mais que o desabonava”, disse Gilberto Pereira, tio do sequestrador, após o registro do novo crime em BH.

Pereira está internado em estado grave no Hospital João 23, em Belo Horizonte. Ele foi baleado por um sniper na manhã desta quinta-feira (22), após ter mantido um menino de 7 anos e um jovem de 23 como reféns.

O sequestro

Inconformado com o fim do casamento, Leandro Mendes Pereira chegou à casa em que vivia com a ex-companheira por volta de 14h, na quarta-feira (21), e ficou vigiando o local. Às 18h, quando o filho da mulher chegou da escola com um amigo da família, ele invadiu o imóvel e impediu a saída dos dois.

Logo em seguida, quando a mulher, de 25 anos, chegou do trabalho, também foi feita refém, mas conseguiu fugir. Segundo a major Layla Brubella, porta-voz da PM (Polícia Militar), Pereira estava irredutível com as negociações. A decisão de atirar foi tomada, segundo a corporação, quando o homem começou a ameaçar o ex-enteado.

A PM chegou a anunciar a morte do sequestrador, mas a informação foi corrigida pela corporação.

Últimas