Minas Gerais Idoso é suspeito de matar a ex a marretadas por causa de lote

Idoso é suspeito de matar a ex a marretadas por causa de lote

Rede de supermercado ofereceu R$ 600 mil para comprar o terreno; homem teria ligado para a família avisando sobre o crime

  • Minas Gerais | Vinícius Araújo, da Record TV Minas

A Polícia Militar procura por um idoso suspeito de matar a ex-mulher a marretadas, na madrugada desta quinta-feira (14), no bairro Vila Barraginha, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. A briga teria sido motivada por desentendimento na venda de um lote da família.

A vítima, Flávia Maria dos Santos, de 41 anos, teria chegado em casa acompanhada pelo suspeito, Altair Nicolau de Souza, de 61 anos. Uma vizinha alega ter conversado com ela neste momento e chegou a perceber vários hematomas no braço da mulher, que não quis explicar o que eram as marcas.

O corpo de Fla´via foi encontrado durante a madrugada, após vizinhos perceberem que a porta do bloco de apartamentos em que ela mora estava aberta. Segundo a Polícia Militar, o suspeito teria ligado para uma sobrinha da vítima confessando o crime e pedindo para que avisasse os familiares.

Mulher foi encontrada morta dentro de casa

Mulher foi encontrada morta dentro de casa

Reprodução / Arquivo Pessoal

Brigas constantes

Segundo familiares e vizinhos, o casal brigava constantemente, mas sempre reatava o relacionamento. A última discussão entre eles teria sido causada pelo desentendimento na possível venda de um terreno. Uma grande rede de supermercados teria oferecido cerca de R$ 600 mil em um lote da família da vítima, que ainda não tinha decidido se iria vender o terreno.

O casal tinha três filhos, todos menores de idade. No momento do crime, as crianças estavam com os familiares da vítima em Igarapé, também na Grande BH.

Últimas