Minas Gerais Jovens mortos por intoxicação dentro de carro serão velados nesta quarta (03) em Paracatu (MG)

Jovens mortos por intoxicação dentro de carro serão velados nesta quarta (03) em Paracatu (MG)

Prefeitura está sendo responsável pelo transporte dos corpos; velório e funeral coletivo será no Jóquei Clube da cidade

  • Minas Gerais | Do R7, com TV Paranaíba

Jovens haviam se mudado para o sul do país há um mês

Jovens haviam se mudado para o sul do país há um mês

Reprodução/Record Minas

Os corpos dos jovens mineiros encontrados mortos em um carro, em Balneário Camboriú, Santa Catarina, no último domingo (31), serão enterrados nesta quarta-feira (03), em Paracatu, a 483 km de Belo Horizonte. 

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu Whatsapp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

A prefeitura da cidade está sendo responsável pelo transporte dos corpos dos jovens. A administração municipal também organiza o velório e o funeral, que será coletivo e acontecerá no ginásio do Jóquei Clube, nesta quarta. 

As vítimas são Gustavo Pereira Silveira Elias, de 24 anos; Karla Aparecida dos Santos, de 19; Tiago de Lima Ribeiro, de 21 e Nicolas Kovaleski, de 16 anos. Eles haviam se mudado há cerca de um mês para uma cidade na Grande Florianópolis, em Santa Catarina. 

Entenda o caso

Os jovens foram buscar uma amiga que chegava na rodoviária de Balneário Camboriú, na noite de ano novo, no último domingo (31). A jovem contou à polícia que se encontrou com o grupo 3h da madrugada e todos disseram que estavam se sentindo mal: com tremedeira, enjoo e tontura. Segundo ela, os amigos decidiram descansar no carro antes de seguir para Florianópolis.

A jovem ficou do lado de fora do carro e teria voltado algumas vezes para conferir como eles estavam. Por volta das 7h, ela percebeu que todos os ocupantes do veículo já não estavam respirando mais e pediu ajuda.

Quando os militares chegaram ao local, equipes do SAMU e Bombeiros já realizavam o atendimento das vítimas, que estavam em parada cardiorrespiratória, sem sinais vitais.

Investigação

A Polícia Civil de Santa Catarina investiga se uma possível customização tenha causado o vazamento de gás no carro onde os quatro jovens mineiros foram encontrados mortos. 

Segundo o delegado responsável pelo caso, Bruno Effori, a principal linha de investigação da Polícia Civil é que os jovens tenham morrido por intoxicação devido a um vazamento de monóxido de carbono. 

Últimas