Minas Gerais Leilão do BH Othon Palace tem data e lance mínimo é de R$ 30 milhões

Leilão do BH Othon Palace tem data e lance mínimo é de R$ 30 milhões

Venda do hotel de luxo desativado em 2018 será realizada no dia 6 de outubro de forma virtual; comprador poderá dividir parte do valor em até 10 parcelas 

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7

Hotel BH Othon Palace vai a leilão em outubro

Hotel BH Othon Palace vai a leilão em outubro

RecordTV Minas

O hotel Belo Horizonte Othon Palace já tem data para ir a leilão. Um dos prédios mais tradicionais do Centro de Belo Horizonte será oferecido a possíveis compradores no dia 6 de outubro em uma sessão virtual feita no Rio de Janeiro.

Segundo a Rymer Leilões, empresa responsável pelo leilão, o lance mínimo é de R$ 30 milhões e cada oferta tem que ser, pelo menos, R$ 5 mil maior do que a anterior. O comprador deverá depositar os R$ 30 milhões em uma conta corrente administrada pela 5º Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro. Já o valor excedente poderá ser dividido em até 10 vezes, em parcelas mensais e iguais.

Hotel histórico

Inaugurado em 1978, o Othon Palace faz parte da história da capital mineira, tendo hospedado celebridades, políticos e chefes de Estado. Quarenta anos depois, o hotel fechou, com um prejuízo de R$ 40 milhões e uma dívida total próxima dos R$ 550 milhões.

O edifício de 20 andares, conta com 320 quartos, que têm entre 30 e 46 metros quadrados. Também existem 15 salas de convenções que podem acomodar mais de 1.000 pessoas, dois espaços no subsolo, terraço com piscinas, diversos bares e restaurantes e outros espaços variados.

O edifício integra o Conjunto Urbano da Avenida Afonso Pena e Adjacências, o que dificulta uma eventual tentativa de alteração da fachada e outras partes da estrutura.

No início do ano, um deputado chegou a sugerir que o Governo de Minas Gerais usasse o prédio para abrigar o hospital de campanha, utilizando um artigo da Constituição que permite a apropriação de imóveis particulares em casos de “iminente perigo público”. A proposta não foi acatada.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas