Minas Gerais Marido é suspeito de atacar esposa com tijolo em Sete Lagoas (MG)

Marido é suspeito de atacar esposa com tijolo em Sete Lagoas (MG)

 Angélica Augusta de Souza Lima está internada em estado grave com traumatismo craniano e respirando com ajuda de aparelhos

  • Minas Gerais | Vanda Sampaio, da Record TV Minas

Um homem de 29 anos é suspeito de agredir a esposa com tijolos em Sete Lagoas, a 70 km de Belo Horizonte. A vítima, Angélica Augusta de Souza Lima teve traumatismo craniano e está internada em estado grave, respirando com a ajuda de aparelhos.

As agressões ocorreram no último dia 2 de junho, na casa onde Angélica morava com as duas filhas e o companheiro. O suspeito não foi mais visto após o episódio.

Casal estava junto há 10 anos

Casal estava junto há 10 anos

Reprodução / Record TV Minas

A principal testemunha é uma das filhas de Angélica. A adolescente de 13 anos relatou que estava no quarto dormindo e acordou enquanto era estrangulada pelo padrasto. Nesse momento, segundo a menina, Angélica chegou do trabalho e começou a ser agredida pelo marido na cabeça com pedaços de pedras e tijolos que estavam no local. Valdemira de Souza, mãe de Angélica, conta que a filha ficou irreconhecível.

— O rosto dela estava todo machucado e a cabeça também.

 A família conta que Angélica e o companheiro estavam casados há cerca de 10 anos e tinham um relacionamento tranquilo. As filhas dela de um outro relacionamento, tratavam o padrasto como pai.

Andrea Souza Lima, irmã de Angélica, afirma que o cunhado era usuário de drogas, mas tinha parado com o vício, voltando recentemente.

— A gente ora para minha irmã acordar para ver se ela sabia alguma coisa para nós tentarmos entender o que aconteceu.

O marido de Angélica não é considerado foragido, já que ainda não tem mandado de prisão, mas de acordo com a Polícia Civil ele é considerado o principal suspeito do crime. As investigações estão em andamento e para não atrapalhar as apurações, nada mais pode ser informado.

Últimas