Minas Gerais Máscara deixa de ser obrigatória em locais fechados de BH

Máscara deixa de ser obrigatória em locais fechados de BH

Item de proteção continuará sendo cobrado em algumas situações, como no transporte público e em unidades de saúde

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Máscaras passam a ser opcionais em BH

Máscaras passam a ser opcionais em BH

Freepik/Reprodução

Começa a valer, nesta quinta-feira (28), o fim da obrigatoriedade do uso de máscara em Belo Horizonte.

A medida foi anunciada nesta quarta-feira (27) pelo prefeito Fuad Noman (PSD), pouco mais de dois anos após o início da pandemia.

Apesar da liberação, o item de proteção continuará a ser cobrado em algumas situações, como no transporte público e nas respectivas estações de embarque e desembarque, no transporte escolar e nas unidades de saúde. Em locais abertos, a flexibilização já aconteceu no dia 4 de março.

"Os protolocos precisam ser respeitados. Precisamos continuar com higiene, respeitando o distanciamento e evitando aglomerações. O uso da máscara, no entanto, passa a ser facultativo”, alertou o prefeito ao anunciar a liberação.

Antes de BH, outras capitais já haviam desobrigado o uso da proteção. Entre elas, Rio de Janeiro e São Paulo.

Últimas