Minas Gerais MG investiga primeiro caso de covid com suspeita de variante indiana

MG investiga primeiro caso de covid com suspeita de variante indiana

Paciente de Juiz de Fora, a 283 km de Belo Horizonte, foi diagnosticado com a doença após voltar do país asiático

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7, com Talyssa Lima, da RecordTV Minas

Primeiro caso do país foi registrado no Maranhão

Primeiro caso do país foi registrado no Maranhão

Reprodução / Pixabay

Um paciente que testou positivo para covid-19 depois de voltar de uma viagem à Índia está sendo acompanhado pela Prefeitura de Juiz de Fora, a 283 km de Belo Horizonte.

A Secretaria Municipal de Saúde do município foi notificada sobre o diagnóstico da doença e aguarda para saber se o paciente está contaminado com a variante B.1.617, que foi identificada no país asiático.

Segundo a SES (Secretaria de Estado de Saúde) de Minas Gerais, o paciente, que não teve a identidade divulgada, e seus contatos foram isolados e são monitorados pelas Vigilâncias Municipal e Estadual.

"Apesar do diagnóstico confirmado de covid-19 do paciente, proveniente da Índia, o sequenciamento genético da amostra encontra-se em andamento, não sendo possível afirmar, até o momento, que se trata de caso associada à nova cepa", destacou a SES ao informar que investiga o caso.

Na última quinta-feira (20), o Instituto Evandro Chagas, ligado ao Ministério da Saúde, confirmou o primeiro registro da variante indiana no Brasil, no litoral do Maranhão. O paciente teve uma piora no estado de saúde e precisou ser intubado em um hospital de São Luís, neste fim de semana.

O homem é tripulante do navio MV Shandong da Zhi, que está parado em alto mar e não teve autorização para atracar no porto da capital maranhense. Até o momento, há confirmação de seis pessoas infectadas no navio cargueiro.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a linhagem predominante da B.1.617 foi identificada primeiramente na Índia em dezembro. Ela é considerada mais transmissível e foi classificada como Variante de Preocupação Global pela OMS.

Últimas