Minas Gerais Moradores 'abraçam' cidade ameaçada por barragem da Vale

Moradores 'abraçam' cidade ameaçada por barragem da Vale

Pequenos empresários de Barão de Cocais (MG) fizeram abraço simbólico na igreja matriz da cidade para pedir mais otimismo da população

Barão dos Cocais

Moradores dizem estar preparados e lutando

Moradores dizem estar preparados e lutando

Márcio Neves/R7

Cerca de quarenta moradores de Barão de Cocais (MG), a maioria pequenos empresários da cidade, fizeram um abraço simbólico na Igreja Matriz da Cidade, construída há mais de 250 anos. Eles pedem mais otimismo da população por conta do risco iminente do rompimento da barragem de rejeitos da Mina de Gongo Soco, pertencente à mineradora Vale.

"Não podemos nos abater diante deste problema que enfrentamos, precisamos ser fortes, confiar em Deus que nada vai acontecer e trabalharmos para manter nossa rotina", afirmou uma empresária que participou do ato.

Risco de barragem romper cria "vila fantasma" em Barão de Cocais (MG)

Entre orações e discursos, os moradores relataram sofrer diariamente com o impacto causado pelos recentes alertas da Vale sobre o risco que sofrem, mas dizem estar preparados e lutando para que os impactos sejam menores possíveis.

Desde fevereiro deste ano a cidade convive com o medo de que a barragem se rompa e toneladas de rejeitos atinjam a cidade, localizada a cerca de 17km da Mina de Congo Soco, desativada desde 2016.

"É estado de guerra", diz prefeito de cidade ameaçada por barragem