Minas Gerais Moradores de casas destruídas por carreta denunciam retirada de radar no Anel Rodoviário, em BH

Moradores de casas destruídas por carreta denunciam retirada de radar no Anel Rodoviário, em BH

Pelo menos 10 imóveis da Vila Luz foram atingidos por veículo de carga nesta quarta-feira (13); motorista disse que pneu estourou

  • Minas Gerais | Ana Gomes, Do R7 com Mayara Folco, Da Record TV Minas

Pista foi interditada para retirada da carreta

Pista foi interditada para retirada da carreta

Mayara Folco/Record TV Minas

Pelo menos dez casas foram destruídas após uma carreta carregada com 38 toneladas com grãos tombar sobre elas, na madrugada desta quarta-feira (13), no Anel Rodoviário, em Belo Horizonte. Três pessoas ficaram feridas, incluindo uma criança de 8 anos. Segundo moradores da Vila da Luz, conjunto atingido pelo veículo, um radar que ficava no local foi retirado.

“A segurança que a gente tinha era o radar, mas infelizmente eles tiraram. Não sei em quem eles pensaram, mas não foi em nós. Talvez, se ele estivesse aqui, eu e meus vizinhos não estaríamos passando por essa situação”, relatou Wellington Antônio, que teve o imóvel destruído pela carreta.

Wellington estava em casa com a esposa e os três filhos durante o acidente. Um deles, uma criança de 8 anos, teve um corte fundo na testa, mas já teve alta. As outras duas vítimas, uma adolescente, de 11 anos, e um homem, de 44, foram levados para hospitais, mas o estado de saúde delas não foi divulgado.

Em entrevista à Record TV Minas, o churrasqueiro contou que não sabe para onde levar a família. “Ainda não sei o que fazer. Agora que está caindo a minha ficha. Não tenho para onde ir. Não sei onde meus filhos vão tomar café, onde vão tomar banho”, contou.

Além da casa de Wellington, outras nove residências foram destruídas pela carreta. No total, 26 pessoas foram afetadas pelo acidente. A Defesa Civil informou que não houve danos estruturais nos outros imóveis do entorno. A instituição afirmou que providenciou ajuda humanitária com a doação de cestas básicas, colchões, lençóis e cobertores. O trânsito precisou ser interditado no sentido Vitória para a retirada da carreta.

O DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) informou que "está cumprindo o acordo judicial para a instalação de radares eletrônicos em todo o território nacional, visando o controle de velocidade em faixas de tráfego com criticidade 'média', 'alta' e 'muito alta'". O departamento ainda disse que "os equipamentos são instalados após a aprovação dos projetos e, depois da instalação, passam por aferição do Inmetro."

Acidente

Na madrugada desta quarta-feira (13), uma carreta, que saiu de Goiás e seguia para o Espírito Santo, tombou sobre casas da Vila Luz, que fica às margens do Anel Rodoviário, sentido Vitória. Após o acidente, a carga de 38 toneladas de grãos ficou espalhada pela pista.

Segundo o motorista do veículo, Adriano da Silva Ferreira, o pneu estourou e ele não conseguiu evitar o acidente. “Nunca me envolvi em uma batida. Tem 15 anos que dirijo caminhão”, afirmou.

Adriano ficou preso às ferragens e foi retirado sem ferimentos. Após a batida, ele foi agredido por moradores e precisou ser escoltado pela Polícia Militar até a delegacia. O motorista passou por teste do bafômetro, que testou negativo. Ele também afirmou que não faz uso de medicamentos para dormir.

Últimas