Minas Gerais Motorista de carro em chamas diz que não viu início do fogo

Motorista de carro em chamas diz que não viu início do fogo

Delmo Garcia foi salvo por um morador, que só percebeu que algo estava errado no carro após ser avisado por um gato; caso ocorreu em Contagem

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7, e Virgínia Nalon, da Record TV Minas

Motorista não percebeu início das chamas

Motorista não percebeu início das chamas

Reprodução/RecordTV Minas

O motorista do carro que pegou fogo no bairro Novo Eldorado, em Contagem , na região metropolitana de Belo Horizonte, afirmou não ter notado o início do incêndio. Delmo Garcia disse que parou o carro após perceber uma fumaça no painel e só viu as primeiras chamas quando a porta do veículo foi aberta por um morador.

— Nesse intervalo que eu parei pra ver onde poderia ser a fumaça e ele abriu a porta, oxigenou o carro. Foi aí que eu vi as primeiras faíscas do fogo.

O morador Diolino Fernandes pediu para sua esposa chamar o Corpo de Bombeiros e chegou a pegar um pano para tentar controlar as chamas, mas não deu tempo de fazer muita coisa.

— Eu avisei pro motorista que o carro estava pegando fogo, mas ele estava atordoado, sem acreditar no que estava acontecendo. Nisso eu corri, peguei um pano com água e tentei jogar no carro. Foi aí que o motorista saiu.

Imagens impressionantes viralizaram nas redes

Imagens impressionantes viralizaram nas redes

Reprodução / Redes sociais

As imagens do veículo desgovernado e em chamas viralizaram nas redes sociais. O carro, que era do patrão de Delmo, ficou totalmente destruído. O motorista disse que o veículo de 2012 estava com a manutenção em dia, e não havia apresentado nenhum problema até o dia do acidente.

Aviso felino

De acordo com Delmo, o morador só teria percebido que alguma coisa estava acontecendo na rua quando foi avisado por seu gato.

— Eu não tinha percebido a chegada do morador, só vi quando ele abriu a porta. Então, ele me disse que o gato dele avisa sobre tudo que acontece do lado de fora da casa. Ele só abriu o portão porque o gato deu o sinal.

Diolino, o dono do animal, confirmou a história e deu mais detalhes sobre o aviso que recebeu do felino.

— O gato estava deitado no portão na hora que o carro parou. Aí ele correu na minha direção e depois voltou para a entrada. Só por isso que eu fui lá ver o que era.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Pablo Nascimento

Últimas