Minas Gerais Mulher morre após ser atropelada por ambulância do Samu em BH

Mulher morre após ser atropelada por ambulância do Samu em BH

Testemunha contou à família que mulher foi atingida na calçada mas motorista da ambulância afirma que vítima se jogou 

  • Minas Gerais | Gabriel Rodrigues, da Record TV Minas

Uma mulher de 54 anos morreu após ser atropelada por uma ambulância do Samu, no último domingo (16), na Avenida Antônio Carlos, na região Leste de Belo Horizonte. Mas a família quer respostas, já que ainda não sabe ao certo o que aconteceu com a vítima.

Mara Eliza foi atropelada no último domingo (16)

Mara Eliza foi atropelada no último domingo (16)

Reprodução / Record TV Minas

Uma testemunha que presenciou o ocorrido contou à família que Mara Eliza Renovato estava na calçada quando foi atropelada pelo veículo. Mas, no boletim de ocorrência, o motorista da ambulância afirmou que a mulher teria se jogado.

Os familiares não acreditam nessa versão, já que, segundo eles, a vítima não tinha motivos para se matar e ela teria sido atingida pela lateral do veículo, próximo ao retrovisor. 

Os familiares de Mara contaram que o Samu negou apoio e disse que vai pagar alguma indenização quando a perícia fosse concluída. A Prefeitura de Belo Horizonte informou que o caso foi submetido à perícia da Polícia Civil e a Secretaria Municipal de Saúde aguarda o fim das investigações.

O motorista da ambulância é contratado por uma empresa terceirizada, que está acompanhando a situação. Segundo essa empresa, no momento da ocorrência, a ambulância seguia o protocolo de atendimento de urgência, com sirene ligada.

Últimas