Ônibus não circulam em Belo Horizonte neste domingo

Medida foi acertada entre prefeitura e empresas do transporte público para economizar diesel a ser usado na segunda-feira

Ônibus ficarão nas garagens em BH neste domingo

Ônibus ficarão nas garagens em BH neste domingo

Rodrigo Clemente / Divulgação PBH

Os ônibus do sistema convencional não circulam em Belo Horizonte e Governador Valadares, no Leste do Estado, neste domingo (27), em razão da escassez de combustíveis causada pela greve dos caminhoneiros, iniciada há sete dias.

O prefeito da capital, Alexandre Kalil (PHS), e as empresas de transporte coletivo que operam na cidade acordaram que o baixo nível do diesel estocado nas garagens deve ser usado na segunda-feira.

Em nota, a BHTrans acrescentou que "a medida tem por objetivo garantir o funcionamento do transporte coletivo na segunda-feira (28), preservando assim a mobilidade da população num dia útil, em face às dificuldades de abastecimento de veículos nos postos de combustíveis”.

A prefeitura, contudo,  montou um esquema especial para que funcionários de hospitais e outras unidades de saúde consigam chegar ao trabalho. Coletivos foram fretados para quatro viagens pela manhã e a mesma quantidade à tarde.

Metrô

Na segunda-feira, Kalil irá discutir a circulação dos ônibus com sua equipe de governo. Há o temor de que a situação piore ainda mais, caso o desabastecimento de combustíveis permaneça, pois os funcionários do metrô de BH prometem começar uma greve na terça-feira (29).

Segundo o Sindimetrto-MG (Sindicato dos Empregados em Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais), o sistema deverá operar com escala mínima, das 5h30 às 9h30, por tempo indeterminado.

Governador Valadares

Em Governador Valadares, cidade com cerca de 300 mil moradores, a prefeitura também acertou com as empresas de ônibus que os coletivos deverão ficar nas garagens neste domingo para contingenciamento de combustível a ser usado na segunda.