Minas Gerais Operação apreende cobras, aves, jacaré e outros animais em MG e RJ

Operação apreende cobras, aves, jacaré e outros animais em MG e RJ

Ao menos 151 agentes participaram da Operação Macaw, que investiga o tráfico de animais; advogados, médicos e veterinários podem estar envolvidos

Operação investiga tráfico de animais silvestres em MG e RJ

Operação investiga tráfico de animais silvestres em MG e RJ

Divulgação / MPMG

O Ministério Público de Minas Gerais realizou, nesta quinta-feira (17), uma operação de combate ao comércio ilegal e tráfico de animais silvestres. A ação mobilizou ao menos 151 agentes nos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

A Operação Macaw cumpriu dezenas de mandados de busca e apreensão em Ribeirão das Neves, Sete Lagoas, Caratinga e Manhuaçu, em Minas Gerais, e em Caraí e Nova Friburgo, no Rio de Janeiro.

Entre os alvos estão médicos, veterinários e advogados envolvidos nos crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, guarda ilegal em cativeiro, maus tratos, comércio ilegal e tráfico de animais silvestres.

Três armas de fogo, gaiolas, celulares, notebooks e outros equipamentos eletrônicos foram apreendidos. Foram resgatados diversos animais silvestres, em sua maioria aves, mas também mico leão-dourado, tamanduá-bandeira, cobras e até um jacaré.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas