Minas Gerais Página falsa usa imagem do Portal R7 para aplicar golpes na internet 

Página falsa usa imagem do Portal R7 para aplicar golpes na internet 

Golpistas trocam mensagens oferecendo vantagens para tentar desviar dinheiro das vítimas; anúncio falso foi descoberto em uma rede social 

  • Minas Gerais | Rodrigo Dias, da Record TV Minas

Uma página falsa criada em redes sociais usa o nome e a marca do Portal R7, do Grupo Record, para aplicar golpes e tentar desviar dinheiro das vítimas.

As mensagens trocadas entre os golpistas e as vítimas revelam a tentativa de estelionato. A oferta é para participar em uma espécie de loteria inteligente, onde as chances de ganhar dinheiro fácil são maiores.

O detetive particular Rômulo Vieira conta descobriu o anúncio em uma rede social.

— Eu recebi uma mensagem de alguém falando que era do R7. Era um link para um jogo de loteria.
 

Golpistas trocam mensagens com as vítimas

Golpistas trocam mensagens com as vítimas

Reprodução/RecordTVMinas

Vieira chegou a conversar com os golpistas. Em uma mensagem, ele é pressionado a agir rápido para não perder a oportunidade.

— Eles me mandavam mensagens e links o tempo todo. Até boleto para pagar eles mandaram. No boleto não tinha nome nem endereço. Só o código de barras e o valor.

Desconfiado, o homem decidiu procurar a Record TV para ter certeza de que não se tratava de um golpe.

O advogado Alneir Maia alerta que as páginas e perfis falsos na internet se multiplicaram nos últimos meses. Os golpistas usam grandes marcas para enganar as vítimas.

— Eles usam nomes de empresas conhecidas, com credibilidade, para poder ludibriar a pessoa. O interessante é se certificar de que a oferta realmente está sendo feita por essa grande marca.

A dica, segundo Maia, antes de fechar qualquer negociação pela internet, é ter certeza de que não está lindando com golpistas. Se for comprovado o estelionato, os responsáveis podem ser presos.

— A pena varia de 1 a 5 anos de prisão. Se a vítima for uma pessoa idosa, a pena pode ser dobrada.

Em nota o Portal R7 informou que “não entra em contato por Whatsapp ou qualquer rede social solicitando pagamentos, códigos ou qualquer confirmação de dados. O portal informa ainda que suas contas oficiais nas redes sociais têm selo de verificação e links nos canais do R7.com e nos sites oficiais dos programas da Record TV”.

Últimas