Minas Gerais Pandemia reduz em MG e Estado volta a ter 35 cidades na onda verde

Pandemia reduz em MG e Estado volta a ter 35 cidades na onda verde

Vale do Aço avança para fase de menor restrição e outras sete regiões saem da onda vermelha rumo à amarela

Cinco regiões seguem na fase vermelha

Cinco regiões seguem na fase vermelha

Reprodução / Governo de Minas

Oito regiões de Minas Gerais apresentaram melhora nos índices da pandemia na última semana e poderão avançar de faixa no programa Minas Consciente, que orienta a flexibilização do comércio no Estado.

Uma delas, a região do Vale do Aço, com 35 cidades, irá da onda amarela para a verde, a menos restritiva do programa. Nesta fase, as prefeituras podem liberar todas as atividades, inclusive eventos, sem restrição de público, desde que sigam medidas de proteção contra a covid-19.

As outras sete regiões autorizadas a avançar na flexibilização vão passar da onda vermelha para a amarela, a segunda menos restritiva no programa que conta com quatro fases. São elas: Centro, Centro-Sul, Jequitinhonha, Leste, Norte, Oeste e Triângulo do Norte. Belo Horizonte e região metropolitana fazem parte da região central.

Os municípios que fazem parte do Leste do Sul, Nordeste, Noroeste, Sul e Triângulo do Sul seguem na onda vermelha. A região Leste do Sul, embora permaneça com restrição vermelha, ela saiu da classificação de cenário epidemiológico e assistencial desfavorável, que serve para indicar agravante.

As mudanças entram em vigor a partir deste sábado (10). A lista completa de classificação de cada cidade está disponível neste link.

Últimas