Pesquisa aponta reeleição de Kalil à Prefeitura de BH no 1º turno

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas também indica que 74,6% dos entrevistados dizem aprovar a gestão do atual prefeito da capital mineira

Kalil seria eleito em primeiro turno

Kalil seria eleito em primeiro turno

Divulgação / PBH / Amira Hissa

A sete meses para as eleições 2020, o Instituto Paraná Pesquisas divulgou, nesta terça-feira (10), um novo estudo sobre a intenção de voto em relação à Prefeitura de Belo Horizonte. Assim como nos levantamentos anteriores, o atual prefeito, Alexandre Kalil (PSD), aparece na frente para reeleição e seria escolhido em primeiro turno.

Em um cenário estimulado, os pesquisadores apresentaram aos eleitores 11 nomes de possíveis candidatos. Kalil foi escolhido por 54,9% dos entrevistados. Patrus Ananias (PT) aparece em segundo lugar com 8,7% das intenções de votos. O terceiro colocado é João Vitor Xavier (Cidadania), com 3,6%.

O deputado federal Eros Biondini (Pros) foi a escolha de 3,1% dos eleitores. A também deputada federal Áurea Carolina (Psol), de 2,7%. Professor Wendel Mesquista aparece com 2% das intenções de voto.

Em seguida, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, é indicado por 1,5% dos entrevistados. O vereador Gabriel Azevedo (sem partido) teve o nome citado por 1,4%.

Os três últimos lugares do ranking foram ocupados pela secretária-adjunta da Secretaria de Planejamento e Gestão, Luísa Barreto, com 1,2% das intenções de voto; pelo vereador Mateus Simões (Novo), com 1%; e pelo deputado federal André Janones, com 0,8%.

Gestão Kalil

O Instituto Paraná Pesquisas também avaliou a percepção dos moradores de Belo Horizonte em relação à gestão do prefeito Alexandre Kalil.

Neste campo, 74,6% dos entrevistados declaram que aprovam a administração municipal, 22,5% desaprovam e 2,9% não sabem ou não opinaram.

Em um cenário estimulado, os eleitores foram perguntados como está sendo o Governo de Kalil e 16% afirmaram que é ótimo; 42,1%, bom; 27,5% regular; 6,4%, ruim; 6,2% péssimo; 1,8% não sabem ou não opinaram.

Muril Hidalgo, diretor do Paraná Pesquisas, avalia que a combinação dos cenários indicam uma vantagem de Kalil em relação aos demais candidatáveis.

— A pesquisa mostra claramente uma grande vantagem de Kalil sobre seus adversários. Outro item que chama a atenção é a popularidade do prefeito. Ele é muito bem avaliado pelos moradores da capital.

Registro

O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 840 eleitores de Belo Horizonte, entre os dias 5 e 9 de março de 2020, e auditou 15% das entrevistas simultaneamente à realização. O grau de confiança do levantamento é de 95% para uma margem de erro de aproximadamente 3,5% para os resultados gerais.

O Instituto está registrado no Conselho Regional de Estatística das 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª regiões sob o número 3122/ 19 e a pesquisa sob o número MG-05657/2020, no STE (Superior Tribunal Eleitoral).

Veja mais: