Minas Gerais "Por que ele fez isso?", diz mãe sobre assassinato da filha em MG

"Por que ele fez isso?", diz mãe sobre assassinato da filha em MG

Segundo a Polícia Civil, o homem afirmou que não conhecia Letícia Karolyne, mas a seguiu na rua de Igarapé e cometeu o crime

  • Minas Gerais | Gisele Ramos, Da Record TV Minas

Corpo foi encontrado com marcas violência

Corpo foi encontrado com marcas violência

Reprodução/Redes Sociais

A mãe da adolescente de 13 anos encontrada morta em Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi até o local em que o acusado de assassinar a sua filha foi levado. Desde que soube da prisão, nesta quarta-feira (14), Ana Carolina Barbosa Souza quis vê-lo de perto.

"Eu quero perguntar: por que ele fez isso com ela? Se ele nem a conhecia. Sendo que ele tem uma filha dentro de casa, com a mesma idade", questiona na porta da delegacia.

Wanderlei Soares Ferreira, de 43 anos, foi preso quando chegava em casa. De acordo com a Polícia Civil, ele trabalhava fazendo manutenção de asfalto e, inclusive, estava com a roupa de serviço, no momento da detenção. 

Crime

A prisão de Ferreira aconteceu menos de uma semana depois da morte de Letícia. A adolescente foi vista pela última vez na noite no dia 8 de abril, quando saiu para dormir na casa de uma amiga. Segundo as investigações, ela foi atacada durante o caminho. O corpo foi encontrado, na manhã seguinte, em um lote vago. Ela estava suja, sem as calças e com marcas de violência.

Ainda de acordo com a polícia, Ferreira foi identificado em imagens de câmeras de segurança que ficam próximas ao local do crime. Ele é casado e tem dois filhos, de 5 e 12 anos.

Segundo Ana Carolina, a dor é saber que a filha foi morta sem motivos e com requintes de crueldade. Agora, ela pede por Justiça.

"Ele para mim é um maníaco. Um louco. Fazer isso com uma criança indefesa. Ele vai pagar por tudo que fez com a minha filha", disse.

Últimas