Minas Gerais Prédio que tombou em Betim (MG) será demolido neste sábado (21)

Prédio que tombou em Betim (MG) será demolido neste sábado (21)

Defesa Civil aprovou o laudo e a operação está marcada para as 8h deste sábado (21); demolição custará R$ 250 mil e será custeado pela construtora

Estrutura será demolida neste sábado (21)

Estrutura será demolida neste sábado (21)

Reprodução/RecordTVMinas

O prédio que tombou em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, na última quarta-feira (18), será demolido a partir da manhã deste sábado (21). A informação foi confirmada pelo diretor da empresa reponsável pela operação.

De acordo com Jacó Alves, da empresa Demolidora Solum, de Belo Horizonte, o laudo apresentado para a Defesa Civil de Betim foi aprovado e os trabalhadores começarão a demolição a partir das 8 horas da manhã.

— Vamos trazer uma máquina de longo alcance. Removeremos grande parte do prédio com uma máquina de braço estendido e depois vamos concluir o processo com uma escavadeira menor. 

De acordo com a Prefeitura de Betim, o custo para a demolição da estrutura será de R$ 250 mil e, segundo a Procuradoria-Geral do Município, o valor será cobrado da construtora responsável pela obra. 

Engenheiros fizeram uma vistoria no prédio na tarde desta quinta-feira (20). Segundo Bruno Cypriano, Procurador-Geral de Betim, o prédio não corre mais risco iminente de desabar.

— Pelas impressões iniciais, o prédio se ancorou. Então não vai cair mais, mas ele tem que ser demolido. 

Tombamento

O prédio, que fica localizado no bairro Ponte Alta, em Betim, tombou na madrugada da última quarta-feira (18). A chuva forte que atingiu a região metropolitana da capital pode ter contribuído para que a estrutura viesse a tombar. 

Famílias vizinhas ao local tiveram que deixar suas casas às pressas por causa do risco de o prédio desabar a qualquer momento. A Prefeitura de Betim entrou na Justiça contra a construtura responsável pela obra, pedindo o bloqueio de bens e assistência para as famílias. 

A reportagem tenta contato com a construtora responsável pela obra para comentar sobre o caso. 

*Estagiário do R7 sob supervisão de Lucas Pavanelli 

Últimas