Minas Gerais Preso é assassinado na porta de presídio ao sair para trabalhar 

Preso é assassinado na porta de presídio ao sair para trabalhar 

Detento estava no regime semiaberto, no Complexo Penitenciário de Ribeirão das Neves, na Grande BH, quando foi alvo de tiros

  • Minas Gerais | Vinícius Araújo, da Record TV Minas

Vítima foi surpreendida no momento que saía do presídio para trabalhar

Vítima foi surpreendida no momento que saía do presídio para trabalhar

Reprodução / Record TV Minas

Um homem foi morto na porta de uma penitenciária em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, na manhã desta sexta-feira (24). A vítima, que estava presa em regime semiaberto, estava saindo do presídio para ir trabalhar.

O assassinato aconteceu por volta das 5h30. Segundo testemunhas que estavam na porta do CPPP (Complexo Penitenciário Público Privado), o homem estava saindo do presídio com outros presos quando foi surpreendido por um grupo armado que fez dezenas de disparos com revólveres e até um fuzil.

Ao lado do corpo, foi encontrado um salvo-conduto, documento que autoriza a saída do preso da penitenciária, em nome de Valdir Guedes da Silva, de 40 anos. Silva cumpre pena no CPPP por tráfico de drogas e porte ilegal de armas e, segundo os militares, seria integrante de um grupo que atua na Pedreira Prado Lopes, em Belo Horizonte.

A Polícia Militar não confirma se a vítima era Valdir Guedes da Silva, mas as informações iniciais apontam para um crime motivado por um acerto de contas relacionado ao tráfico.

A perícia chegou no local por volta das 8h e, na sequência, o corpo será encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal). A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil e aguarda retorno.

Últimas