Minas Gerais Preso pela morte de Eliza Samudio, Bola é culpado por outro homicídio

Preso pela morte de Eliza Samudio, Bola é culpado por outro homicídio

De acordo com o MP, ex-policial foi contratado pelo comerciante, que teria descoberto um relacionamento extraconjugal da esposa dele com a vítima

  • Minas Gerais | Matheus Renato Oliveira, do R7*, com Record TV Minas

Bola foi condenado a mais 16 anos de prisão

Bola foi condenado a mais 16 anos de prisão

Reprodução / Record TV Minas

O ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, foi condenado a 16 anos de prisão, nesta quinta-feira (10). Ele foi julgado por um homicídio que aconteceu em 2009.

Bola e o comerciante Antônio Osvaldo Bicalho, foram acusados de matar o motorista Devanir Claudiano Alves, em 2009, no bairro Juliana, na região norte de Belo Horizonte. Antônio, mandante do assassinato, pegou 14 anos de prisão.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, Bola foi contratado pelo comerciante, que teria descoberto um relacionamento extraconjugal da esposa dele com a vítima.

O ex-policial civil já foi condenado por dois crimes. Ele cumpre pena de 22 anos pela morte de Eliza Samudio, em 2010, e do carcereiro Rogério Martins Novelo, em 2000, crime pelo qual pegou 16 anos de prisão.  

* Estagiário do R7, sob supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas