Primeiro aeroporto industrial do país começa a operar na Grande BH

Lançamento do espaço aéreo aconteceu em maio deste ano e operações começarão com inauguração da empresa de proteção contra surtos elétricos

Produção no novo local vai ser iniciada no fim de julho

Produção no novo local vai ser iniciada no fim de julho

Divulgação / Clamper

O Aeroporto Industrial de Confins, na Grande BH, criado com o objetivo de atrair investimentos para todo o País e gerar mais de 20 mil vagas de emprego, já tem data para começar a operar. O espaço recebe a primeira empresa com foco em proteção contra raios no fim de julho. 

A escolhida para inaugurar o aeroporto industrial foi a Clamper, empresa referência no desenvolvimento e fabricação de dispositivos de proteção contra surtos elétricos. A companhia deixou sua sede em Lagoa Santa, na região metropolitana de BH, para atuar em Confins.

A nova área fabril será três vezes maior que a anterior. De acordo com Ailton Lobo, fundador e presidente do conselho da empresa, a nova localização é uma novidade importante para o negócio e para o Estado.

— Sabíamos que o nosso produto tinha aderência para estar nesse ambiente e não tenho dúvidas que é um casamento com futuro promissor.

Leia mais: Veja os planos de retomada econômica nos estados

O Aeroporto Industrial 

A inauguração do primeiro Aeroporto Industrial do país aconteceu no dia 21 de maio deste ano, pela BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte.

O empreendimento é voltado para empresas que importam matéria-prima e exportam os produtos para outros países. Com a produção no novo local, as companhias vão eliminar custos e riscos do transporte rodoviário em seus processos logísticos e aumentar a competitividade frente às concorrentes internacionais.

O espaço conta com uma área disponível de 750 mil metros quadrados e a expectativa é que cerca de 250 empresas sejam atraídas ao longo dos próximos anos. Para Rafael Laranjeira, gestor executivo de soluções logísticas da BH Airport, a inauguração do Aeroporto Industrial é um marco para Minas Gerais e para o Brasil.

— Nós temos a convicção de que ele passa a ser um importante instrumento no desenvolvimento de forma geral do estado e do país. Mesmo neste momento delicado, estamos trabalhando com foco total.

Veja mais: