Minas Gerais Rainha do Carnaval de BH denuncia ataque em app: 'Macaca arrogante'

Rainha do Carnaval de BH denuncia ataque em app: 'Macaca arrogante'

Lais Lima conta que recebeu ofensas ao questionar quem era o desconhecido que havia feito contato com ela por um aplicativo de mensagens

  • Minas Gerais | Kiuane Rodrigues, da Record TV Minas

Lais Lima  foi atacada via app de mensagens

Lais Lima foi atacada via app de mensagens

Reprodução / Instagram

A rainha do Carnaval 2020 de Belo Horizonte procurou a polícia, nesta terça-feira (1º), para denunciar um caso de injúria racial após ter sido chamada de “macaca arrogante” em um aplicativo de mensagens.

Lais Lima, que também é enfermeira, contou à reportagem que o problema começou quando ela recebeu mensagens de um homem desconhecido pelo aplicativo de Whatsapp, a convidando para um encontro. O ataque teria começado após ela questionar com quem estava falando.

— Ele falou que eu me achava demais e tinha que ser preta para agir dessa forma.

O desconhecido também enviou áudio à jovem. "Você é uma macaca, arrogante e idiota", disse o homem em uma das gravações. "Olha para você. O máximo que você serve é para saciar o fetiche de alguém”, afirmou em outra mensagem.

Não satisfeito com o fato da jovem ter bloqueado o telefone dele, o homem fez um novo contato, usando um outro número. Lais registrou um boletim de ocorrência e encaminhou à polícia cópias das mensagens. Agora, a enfermeira e rainha do Carnaval de Belo Horizonte, espera que o suspeito seja identificado o mais breve possível.

— É uma dor bem grande que a gente sente. O áudio que eu divulguei não é nem 50% do que ele falou. Isso mach8uva por saber que não é um pensamento exclusivo daquela pessoa.

Últimas