Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Samarco é autorizada a ampliar mineração em Mariana (MG) 

Cerca de 35 hectares da Mata Atlântica serão suprimidos; local é o mesmo onde funcionava a barragem que se rompeu em 2015

Minas Gerais|Maria Luiza Reis*, Do R7


Empreendimento passa a funcionar com 26% da sua capacidade
Empreendimento passa a funcionar com 26% da sua capacidade

A mineradora Samarco foi autorizada pelo Copam (Conselho Estadual de Política Ambiental) em março deste ano, a ampliar o Complexo de Germano, localizado em Mariana e Ouro Preto, a cerca de 110 km de Belo Horizonte. O local é o mesmo onde funcionava a Barragem do Fundão, que se rompeu em 2015, matou 19 pessoas e ocasionou o maior desastre ambiental no país.

De acordo com a mineradora “o pedido foi feito para atender o atual momento da empresa, que opera com 26% de sua capacidade produtiva, e não para a retomada total das atividades.”

Com a ampliação do empreendimento minerário no local, cerca de 35 hectares da Mata Atlântica serão suprimidos. De acordo com a Samarco, 128 hectares serão preservados, número que representa mais de três vezes a área explorada. 

A Samarco retomou gradualmente suas atividades em dezembro de 2020. A mineradora informou que utiliza novas tecnologias, com um sistema de disposição de rejeitos a seco e que “o aumento da capacidade de produção irá ocorrer gradualmente, de forma segura". O planejamento é que a empresa atinja 100% de sua capacidade produtiva até 2029. 

Publicidade

A reportagem procurou a Secretaria do Meio Ambiente para comentar o caso, mas ainda não teve retorno.

*Estagiária sob supervisão de Daniela Fernandes

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.