Minas Gerais Senador Carlos Viana deixa presidência do PSD em MG

Senador Carlos Viana deixa presidência do PSD em MG

Político que é vice-líder do Governo Bolsonaro no Senado diz que vai se dedicar ao "novo momento" da casa legislativa

Viana diz que decisão foi "consensual"

Viana diz que decisão foi "consensual"

Divulgação/Agência Senado/Roque de Sá

O senador Carlos Viana deixou a presidência do PSD (Partido Social Democrático)
em Minas Gerais, nesta segunda-feira (1º).

Quem assume o lugar deixado pelo parlamentar é o advogado Alexandre Silveira, um dos fundadores da legenda e atual secretário-geral nacional do partido. Silveira já presidiu o diretório estadual entre 2014 e 2015.

"Pedi o afastamento de forma consensual para me dedicar ao novo momento no Senado e a projetos de ampliação das bases de apoio em todo o Estado", explicou Carlos Viana sobre a saída do cargo. Em novembro do ano passado, o parlamentar foi escolhido como vice-líder do Governo Bolsonaro no Senado.

O PSD tem nove anos de existência e hoje figura como um dos principais partidos do país. Em Minas Gerais são sete deputados estaduais, três federais, dois senadores, 78 Prefeitos, 66 Vice-prefeitos e 695 Vereadores.

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, está na lista de prefeitos da sigla. Em fevereiro de 2020 o senador e ex-governador de Minas, Antonio Anastasia, trocou o PSDB pelo PSD.

Últimas