Minas Gerais Servidores da Educação de MG fazem paralisação por rateio do Fundeb

Servidores da Educação de MG fazem paralisação por rateio do Fundeb

Categoria realizou protesto na Cidade Administrativa, sede do Governo; sindicato ainda não sabe índice de adesão ao movimento

  • Minas Gerais | Richardo Souto*, da Record TV Minas

Trabalhadores fizeram protesto na sede do Governo de Minas Gerais

Trabalhadores fizeram protesto na sede do Governo de Minas Gerais

Divulgação / Sindutemg / Luiz Rocha

Profissionais da educação do Governo de Minas Gerais realizam uma paralisação, nesta quarta-feira (7). Os trabalhadores cobram o rateio do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

Nesta manhã, um grupo fez um protesto na cidade administrativa, sede do Governo de Minas Gerais, chamando atenção para a demanda. Sind-UTE/MG (Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais) afirma que em 31 de outubro deste ano, o valor disponível seria de R$ 2,5 bilhões. O montante seria usado para ações de valorização dos profissionais.

O Sind-UTE/MG (Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais) ainda não tem índice de adesão ao movimento. Segundo a instituição, a convocação foi para 'paralisação total das atividades'.

Durante a tarde, os servidores vão participar de uma audiência pública na Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais para debater o assunto. A reunião vai acontecer às 13h.

A reportagem procurou a Secretaria Estadual de Educação e aguarda retorno.

* Estagiário sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas