Minas Gerais Suspeita de extorquir goleiro Everson confessou crime durante depoimento, diz delegado

Suspeita de extorquir goleiro Everson confessou crime durante depoimento, diz delegado

A investigada nega; a Polícia Civil de Minas Gerais diz que realizou buscas na casa da fotógrafa após a Justiça conceder um mandado

  • Minas Gerais | Gisele Ramos, da Record TV Minas

Everson alega que estava sendo extorquido

Everson alega que estava sendo extorquido

Reprodução / Record TV Minas

A Polícia Civil de Minas Gerais declarou, nesta quinta-feira (6), que a mulher investigada por ter extorquido o goleiro Everson, do Atlético-MG, confessou o crime durante seu depoimento.

A informação foi revelada pelo delegado Rodrigo Bustamente durante uma coletiva de imprensa. Foi a primeira vez que a Polícia Civil revelou detalhes sobre a investigação.

"Foram recolhidos os aparelhos dos quais, em tese, partiram as ameaças e, em tese, a exigência de valor econômico para que esse relacionamento entre a suposta autora e Everson não fosse divulgado", detalhou Bustamante sobre a operação realizada na casa da fotógrafa Fabiana Coelho de Sousa, de 40 anos.

O delegado ainda afirmou que o mandado foi cumprido dentro da normalidade do procedimento investigatório. "A partir dos fatos narrados pelo advogado do goleiro, foram coletadas informações, e, posteriormente, pediu-se o mandado de busca e apreensão, que foi aceito pela Justiça", comentou.

A suspeita é que a fotógrafa tenha exigido o pagamento de R$ 500 mil. O advogado André Vartuli, advogado da investigada, afirma que a cliente é inocente.

"Em relação à suposta confissão da prática de extorsão, refutamos veementemente tais alegações e manifestamos que as palavras de Fabiana foram interpretadas de forma distorcida", declarou a defesa.

"Lamentamos profundamente o constante vazamento de informações provenientes de um inquérito que deveria ser sigiloso. O acesso indevido a detalhes sensíveis compromete o devido processo legal e a presunção de inocência de nossa cliente. É necessário que sejam tomadas medidas rigorosas para preservar a integridade das investigações e garantir que o sigilo seja respeitado", completou o advogado.

O caso ganhou repercussão no início da semana. Em entrevista à Record TV Minas, Fabiana declarou que mantinha um relacionamento extraconjulgal com Everson desde 2021. A mulher disse, ainda, que o jogador teria acionado a policia contra ela e inventado a extorsão após ela ter lhe perguntado se ele não iria cumprir a promessa de largar a esposa para assumir o relacionamento com ela.

A assessoria do jogador foi procurada, mas ainda não se manifestou sobre o caso.

Veja a primeira entrevista de Fabiana Sousa sobre o caso:

Últimas