Minas Gerais Suspeito de empurrar policial de escada é morto a tiros em BH

Suspeito de empurrar policial de escada é morto a tiros em BH

Militar caiu enquanto participava de uma operação no Aglomerado Mariquinhas, na região Norte; segundo a polícia, suspeito reagiu à abordagem

Suspeito morreu ao reagir a uma abordagem da PM

Suspeito morreu ao reagir a uma abordagem da PM

Reprodução/Record TV Minas

O suspeito de empurrar um policial militar de uma escada de aproximadamente 3 metros durante uma operação da PM no Aglomerado Mariquinhas, na região Norte de Belo Horizonte, morreu baleado, na noite desta terça-feira (3).

De acordo com o boletim de ocorrência, o cabo teria sido surpreendido pelo homem ao entrar em um beco, quado foi empurrado. O militar caiu e bateu a cabeça no chão.

De acordo com o tenente-coronel Bruno Assunção, o suspeito identificado como Eduardo Rodrigues da Silva, de 19 anos, fugiu depois de empurrar o militar, mas acabou sendo localizado pelos militares com uma arma de fogo.

— No momento da abordagem o suspeito estava escondido no porão de uma casa. Ele estava armado e reagiu à prisão. Os militares também reagiram quando o suspeito apontou a arma para a equipe e efetuaram o disparo contra o suspeito. 

Segundo a PM, o jovem já foi detido outras vezes por tráfico de drogas e usava tornozeleira eletrônica.

Socorro

Após sofrer os disparos, o suspeito foi encaminhado para o hospital Risoleta Neves, em Venda Nova, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Ainda de acordo com a PM, o militar empurrado da escada foi socorrido em estado grave para o mesmo hospital, onde foi entubado e teve o coma induzido. Por causa da gravidade do ferimento, foi transferido para o hospital João XXIII. O militar passou por uma cirurgia e se recupera internado. 

Últimas