Minas Gerais Suspeito de estuprar tia deficiente e avó na Grande BH é procurado

Suspeito de estuprar tia deficiente e avó na Grande BH é procurado

Homem teria dopado o tio antes de estuprar as duas mulheres em Sabará; idosa de 73 anos foi internada com dores abdominais e morreu dias depois

  • Minas Gerais | Shirley Barroso, da Record TV Minas

Abusos teriam sido cometidos em Sabará, na Grande BH

Abusos teriam sido cometidos em Sabará, na Grande BH

Reprodução / Google Maps

A Polícia Civil procura por um homem de 35 anos suspeito de estuprar a avó de 73 anos, e uma tia, de 35, diagnosticada com síndrome de Down. Os abusos teriam sido cometidos em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Para cometer os crimes, o suspeito teria dopado o tio, que é esquizofrênico. Na sequência, o homem teria estuprado as duas mulheres e depois fugido. Também há a suspeita de que ele tenha agredido a avó.

Os familiares contam que só descobriram os abusos quando a idosa se queixou de dores no abdômem. A prima do suspeito, Lucilene de Oliveira Guedes, diz que a idosa chegou a ser internada, mas acabou morrendo dias depois, possivelmente por uma infecção causada pelo estupro.

— Ele estuprou ela de diversas formas e bateu também. A minha avó não aguentou, foi muito desgosto. Trauma físico e psicológico.

Veja: Neto é preso suspeito de estuprar a própria avó de 79 anos

Lucilene conta que, antes de fugir, o suspeito teria pedido para que as vítimas não denunciassem o caso e ainda teria feito diversas ameaças aos familiares.

— Ele disse que, mesmo se fosse preso, ele iria voltar e matar todo. Ainda disse que o melhor jeito de resolver a situação seria com ele fugindo.

A Polícia Civil informou que investiga o crime e que ainda não localizou o suspeito. O órgão ainda esclareceu que as vítimas fizeram o exame de corpo de delito e que requeriram medidas protetivas de urgência. A investigação está sendo realizada pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Sabará.

Últimas