Minas Gerais Suspeito é preso por aplicar golpes com nome de supermercado de BH

Suspeito é preso por aplicar golpes com nome de supermercado de BH

Detido alegou representar uma grande rede comercial  para comprar 300 kg de queijo e não pagar pelo carregamento

Suspeito afirmava representar um supermercado

Suspeito afirmava representar um supermercado

Reprodução / Pixabay

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (13), um homem suspeito de se passar por representante de grandes supermercados de Belo Horizonte para aplicar golpes em fornecedores da região metropolitana da capital mineira.

Segundo as investigações, o suspeito procurava fornecedores de alimentos e tentava adquirir grandes quantidades de produtos. Suspeitos que agiam junto com o detido faziam a retirada dos produtos, que não eram pagos pelo suposto estelionatário.

A Polícia Civil chegou até o golpista após uma empresa de laticínios de Ribeirão das Neves, na Grande BH, suspeitar da negociação realizada com o acusado, que teria entrado em contato via aplicativo de mensagens solicitando um carregamento de 300 kg de queijo.

A empresa desconfiou do pedido após perceber que o endereço de entrega, na região do Barreiro, era longe da central de distribuição do supermercado que o suspeito afirmava representar. Os empresários entraram em contato com a rede de mercados, que informou nunca ter feito nenhuma proposta para a compra dos laticínios.

Após receberem essas informações, os policiais civis se disfarçaram de entregadores e esperaram que os suspeitos fizessem a retirada do produto para prender o homem em flagrante. Um comparsa do detido ainda não foi localizado. Segundo informações preliminares da Polícia Civil, os dois acusados já foram detidos anteriormente por fraude.

*​Estagiário do R7 sob a supervisão de Flavia Martins y Miguel.

Últimas