Minas Gerais TJ condena BMG a não vender cartão consignado por telefone a idosos

TJ condena BMG a não vender cartão consignado por telefone a idosos

Decisão atende a ação do Instituto de Defesa Coletiva e tem o objetivo de evitar o superendividamento de pessoas com mais de 60 anos de idade  

cartão de crédito, crédito, cadastro positivo, dívida, inadimplência

cartão de crédito, crédito, cadastro positivo, dívida, inadimplência

Pixabay

O Tribunal de Justiça determinou que o Banco BMG passe a veicular uma mensagem de voz em seus canais de atendimento para esclarecer os clientes de que está proibido de vender cartão de crédito consignado a idosos por meio de ligação telefônica. 

O acórdão da decisão foi publicado nesta quarta-feira (11), embora a sentença tenha sido proferida na semana passada. A decisão vale para todo o Brasil e já é resultado de um recurso apresentado pelo banco.  

A ação foi movida pelo Instituto de Defesa Coletiva e tem como objetivo principal evitar  O objetivo da medida é evitar o endividamento de pessoas acima de 60 anos. 

Últimas