Minas Gerais Três jovens são condenados por vender drogas dentro da UFMG

Três jovens são condenados por vender drogas dentro da UFMG

Investigações apontaram que os réus não têm relação com a universidade; suspeitos também vendiam entorpecentes em festas de Belo Horizonte

Investigações concluíram que os réus não são alunos

Investigações concluíram que os réus não são alunos

Reprodução/ Record Tv Minas

A Justiça mineira condenou três dos cinco homens por tráfico de drogas e associação ao tráfico, em Belo Horizonte. Segundo as investigações, o grupo vendia os entorpecentes dentro do campus da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Cinco dos suspeitos foram presos em maio deste ano. De acordo com a Polícia Civil, eles não possuíam ligação com a universidade. Quatro deles foram denunciados, mas apenas três foram considerados culpados.

Dos condenados, dois deles tiveram a pena final estipulada em 19 anos e 10 meses de reclusão, uma vez que cometeram os crimes estando em cumprimento de pena por outros crimes. O terceiro réu, foi condado a 15 anos e dois meses de prisão.

As investigações mostraram que o grupo se dividia em três funções: fabricação, fracionamento, distribuição e venda das drogas durante festas e eventos da cidade e nas dependências da UFMG. O juiz Thiago Colnago negou aos réus o direito a recurso em liberdade.

A reportagem procurou a universidade para comentar a decisão, mas ainda não teve retorno.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas