Minas Gerais Trio é preso após sequestro de terapeuta em clínica de Betim (MG)

Trio é preso após sequestro de terapeuta em clínica de Betim (MG)

Trio disse que a irmã da vítima, que estava internada no local, pediu para que o irmão fosse raptado por descobrir que ela estaria usando drogas na clínica 

Vítima foi sequestrada no bairro Pilar D'água

Vítima foi sequestrada no bairro Pilar D'água

Reprodução/GoogleStreet View

Três homens foram presos suspeitos de sequestrar um terapeuta de uma clínica de reabilitação para dependentes químicos no bairro Pingo d'Água, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, na noite desta terça-feira (17).

De acordo com o boletim de ocorrência da PM (Polícia Militar), a vítima de 34 anos contou que estava trabalhando no Centro de Tratamento Morada do Altíssimo, quando três homens armados chegaram e chamaram pela irmã da vítima, que está internada para tratamento químico no local. 

Segundo a polícia, a vítima perguntou aos suspeitos sobre o que se tratava, quando recebeu um golpe de mata leão de um dos homens e foi arrastado até o carro dos suspeitos.

A polícia foi acionada por testemunhas e montaram um cerco na BR-381, na altura do bairro PTB, também em Betim, onde eles estariam passando com a vítima. O carro foi localizado e os suspeitos foram parados pelos agentes.

Durante negociação com os militares, os suspeitos alegaram que receberam um pedido da irmã da vítima, que queria que os homens a levassem da clínica onde estava internada para sua casa. Segundo a versão dos suspeitos, o terapeuta, irmão da interna, havia descoberto que ela estaria usando drogas dentro do local. 

Após liberarem o terapeuta, os três homens, de 34 anos, 31 anos e 28 anos respectivamente, foram presos em flagrante e encaminhados para a delegacia de Betim. A réplica da arma usada no crime foi apreendida pela polícia. O carro usado no sequestro foi apreendido e levado para o pátio da Polícia Civil. 

*Estagiário do R7 sob supervisão de Lucas Pavanelli 

Últimas