Publicidade

Suspeito de matar funcionário de concessionária disse que ficou insatisfeito com serviço

Marcelio Lima Barros, de 58 anos, fugiu logo depois do crime, mas foi preso, por militares do Batalhão Rotam, em uma avenida nas proximidades da concessionária

Minas Gerais|Do R7


Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.