Arsenal encara Chelsea para voltar a brigar pela Champions

O Arsenal é o atual 10º colocado da Premier League com 29 pontos, dez a menos que o Chelsea, quarto e último integrante da zona de classificação para a Champions

O Arsenal é o atual 10º colocado da Premier League com 29 pontos, dez a menos que o Chelsea, quarto e último integrante da zona de classificação para a Champions

O Arsenal é o atual 10º colocado da Premier League com 29 pontos, dez a menos que o Chelsea, quarto e último integrante da zona de classificação para a Champions

Folha de Pernambuco

Mikel Arteta ainda acredita na classificação do Arsenal para a próxima Liga dos Campeões, mas, para manter esse sonho vivo, os Gunners terão que vencer o rival Chelsea, nesta terça-feira no clássico da 24ª rodada do Campeonato Inglês.

"É muito importante ganhar esse jogo para poder lutar" por uma vaga na Champions, declarou o técnico espanhol do Arsenal em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (20). "Ainda restam quatro meses de competição e muitas coisas podem acontecer. Haverá muitos jogos entre equipes do alto da tabela, acredito que pode haver uma mudança", completou.

O Arsenal é o atual 10º colocado da Premier League com 29 pontos, dez a menos que o Chelsea, quarto colocado e último integrante da zona de classificação para a Champions. Desde que Arteta deixou o cargo de assistente de Pep Guardiola no Manchester City para assumir o comando técnico do Arsenal, o clube londrino chegou a ficar à frente do placar em cinco jogos, mas só venceu dois deles, empatando outros dois e perdendo um.

"Os jogos em casa poderiam ter feito diferença e realmente ficamos perto da vitória. Amanhã (terça-feira), temos que ganhar", insistiu Arteta. Somar três pontos em Stamford Bridge seria um um resultado muito interessante para o Arsenal, levando em consideração que seus próximos adversários (Bournemouth, Burnley e Newcastle) estão todas na segunda metade da tabela.

Outro destaque da rodada na Premier League será o duelo pela vice-liderança entre Manchester City (2º) e Leicester (3º). O City terá uma partida complicada contra o Sheffield United (7º), revelação da temporada inglesa, enquanto o Leicesater encara o West Ham (16º).

O Liverpool, líder isolado com 16 pontos de vantagem sobre o principal perseguidor, fechará a rodada contra o Wolverhampton, 6º com 34 pontos, e buscará uma 22ª vitória em 23 jogos para aproximar ainda mais o clube de um título inglês que não conquista desde 1990.

Leia também:
Liverpool vence clássico e fica perto do titulo
Pardal aceita pedido de desculpa de torcedor do Náutico