EUA reduz a proibição de voos para companhias aéreas chinesas

A partir do dia 16, poderão ser feitos dois voos semanais de empresas chinesas para os Estados Unidos

A partir do dia 16, poderão ser feitos dois voos semanais de empresas chinesas para os Estados Unidos

A partir do dia 16, poderão ser feitos dois voos semanais de empresas chinesas para os Estados Unidos

Folha de Pernambuco

Nesta sexta-feira (5), Washington reduziu a proibição de companhias aéreas chinesas de voar em chegadas e saídas aos Estados Unidos a partir de 16 de junho, uma medida tomada depois que Pequim impediu as empresas norte-americanas de retomarem seus voos entre os dois países.

O Departamento de Transportes indicou que as companhias aéreas chinesas poderão fazer dois voos semanais para os Estados Unidos. O anúncio ocorre dois dias após Pequim autorizar que cada companhia aérea norte-americana possa ter um voo por semana entre os dois países.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

+ Coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo  + Coronavírus na Política + Coronavírus na Economia + Coronavírus em Diversão&Arte + Coronavírus no Esporte