'Festival Varilux em Casa': filmes franceses de graça em streaming

Seleção de 50 filmes que integraram edições do Varilux de Cinema Francês está disponível até agosto

Seleção de 50 filmes que integraram edições do Varilux de Cinema Francês está disponível até agosto

Seleção de 50 filmes que integraram edições do Varilux de Cinema Francês está disponível até agosto

Folha de Pernambuco

Cinquenta filmes franceses que integraram boa parte dos festivais Varilux de Cinema estão disponíveis gratuitamente em streaming até o próximo mês de agosto, dentro da programação do Festival Varilux em Casa. A iniciativa é da Embaixada da França, patrocinadora master do festival, produtora Bonfilme e da Looke, plataforma brasileira.

O intuito é abrandar os dias de quarentena aos amantes dos longas franceses, que devem voltar (fisicamente) no Festival Varilux de Cinema ainda este ano, embora sem data anunciada - o evento ocorre anualmente no mês de junho em mais de 80 cidades brasileiras, incluindo o Recife.

Leia também:

Principais festivais de cinema do mundo se unem e promovem evento digital

Filmes projetados em paredes de Berlim para quebrar o tédio dos confinados

Audiovisual pernambucano busca alternativas para a crise

O público do Festival Varilux em Casa poderá descobrir ou reencontrar edições passadas com astros franceses como Gérard Depardieu (Tour de France), Isabelle Huppert (Branca Como Neve), Catherine Deneuve (O Reencontro, A Última Loucura de Claire Darling), Jean Dujardin (O Retorno do Herói) e Juliette Binoche (Quem Você Pensa que Sou, Tal Mãe, Tal Filha, Vidas Duplas), entre outros.

Da comédia a filmes históricos, além de  animação para as crianças, entre outros gêneros, integram a programação, que pode ser acessada no link do festival (www.festivalvariluxemcasa.com.br), após preenchimento de um cadastro simples

FILMES:

Aparição (L'Apparition), de Xavier Giannoli

A busca do chef Ducasse (La quête d´Alain Ducasse), de Gilles de Maistre

A excêntrica família de Gaspard (Gaspard va au mariage), de Antony Cordier

Luta de classe (La lute des classes), de  Michel Leclerc

A noite devorou o mundo (La nuit a dévoré le monde), de Dominique Rocher

A raposa má (Le grand méchant renard et autres contes), de Benjamin Renner, Patrick Imbert

A revolução em Paris (Un peuple et son roi), de Pierre Schoeller

A última loucura de Claire Darling
(La Dernière Folie de Claire Darling), de Julie Bertuccelli

A viagem de Fanny (Le voyage de Fanny), de Lola Doillon

A vida de uma mulher (Une vie), de Stéphane Brizé

Abril e o mundo extraordinário (Avril et le monde truqué, de Franck Ekinci, Christian Desmares)

Amor à segunda vista (Mon inconnue), de Hugo Gélin

Asterix e o domínio dos deuses (Astérix – Le Domaine des Dieux), de Louis Clichy e Alexandre Astier

Asterix e o segredo da poção mágica
(Astérix - Le secret de la potion magique), de Louis Clichy e Alexandre Astier

Através do fogo (Sauver ou périr), de Frédéric Tellier

Branca como a neve (Blanche Comme Neige), de Anne Fontaine

Carnívoras (Carnivores), de Jérémie Renier, Yannick Renier

Cyrano mon amour, de Alexis Michalik

De carona para o amor (Tout le monde debout), de Franck Dubosc

Filhas do sol (Eva Husson), de Golshifteh Farahani, Emmanuelle Bercot

Finalmente livres (En liberté), de Pierre Salvadori

Gauguin - viagem ao Taiti (Gauguin - Voyage De Tahiti), de Edouard Deluc

Graças a Deus (Grâce à Dieu), de François Ozon

Inocência roubada (Les chatouilles), de Andréa Bescond e Eric Métayer

Jornada da vida (Yao), de Philippe Godeau

Lulu, nua e crua (Lulu femme nue), de Solveig Anspach

Marvin (Marvin), de Anne Fontaine

Meu bebê (Mon bébé), de  Lisa Azuelos

Na cama com Victoria (Victoria), de Justine Triet

Normandia nua (Normandie nue), de Philippe Le Guay

O doutor da felicidade (Knock), de Lorraine Levy

O filho uruguaio (Une vie ailleurs), de Olivier Peyon

O imperador de Paris
(L'Empereur de Paris), de Jean-François Richet

O menino da floresta (Le jour des Corneilles), de Jean-Christophe Dessaint

O mistério de Henri Pick (Le mystère Henri Pick), de Rémi Bezançon

O novato (Le nouveau), de Rudi Rosenberg

O poder de Diane (Diane a les épaules), de Fabien Gorgeart

O reencontro (Sage femme), de Martin Provost

O retorno do herói (Le retour du héros), de Laurent Tirard

O último suspiro (Dans la brume), de Daniel Roby

Os Cowboys (Les cowboys), de Thomas Bidegain

Primeiro ano (Première année), de Thomas Lilti

Quem você pensa que sou (Celle que vous croyez) de Safy Nebbou

Rock and Roll, por trás da fama (Rock’n Roll), de Guillaume Canet

Tal mãe, tal filha (Telle mère, telle fille), de Noémie Saglio
 
Tour de France (Tour de France), de  Rachid Djaïdani

Um amor impossível (Un amour impossible), de Catherine Corsini

Um gato em Paris (Une vie de chat), de Alain Gagnol, Jean-Loup Felicioli