Morre o empresário pernambucano Raymundo da Fonte

Pernambucano é fundador das Indústrias Reunidas Raymundo da Fonte

Pernambucano é fundador das Indústrias Reunidas Raymundo da Fonte

Pernambucano é fundador das Indústrias Reunidas Raymundo da Fonte

Folha de Pernambuco

O empresário pernambucano Raymundo Luiz Cavalcanti da Fonte faleceu, nesta quinta-feira (7), aos 99 anos, em decorrência de complicações provocadas pela Covid-19. Grande nome do meio empresarial no Nordeste, Raymundo deu início, em 1946, às Indústrias Reunidas Raymundo da Fonte. O empresário deixa a esposa e nove filhos (um falecido), 45 netos e mais de 80 bisnetos.

O sepultamento será restrito à família e seguirá todos os protocolos orientados pelos órgãos de saúde e vigilância sanitária. 

Hoje o grupo, que é referência no mercado, produz mais de 350 produtos de limpeza, higiene pessoal, condimentos e inseticidas de marcas de sucesso como Brilux, Minhoto, Even e Sonho. A empresa tem cerca de 2.700 funcionários, 5 fábricas, espalhadas nos estados de Pernambuco, Bahia, Ceará, Pará e Rio de Janeiro.

Nota de pesar 

Paulo Câmara, Governador de Pernambuco:
"Nosso Estado perdeu um dos seus empreendedores mais expressivos: o empresário Raymundo da Fonte. Fundador de várias marcas de sucesso, sempre manteve um olhar atento ao desenvolvimento de Pernambuco. Quero manifestar meu pesar e minha solidariedade a todos os seus familiares, amigos e funcionários neste momento de dor".

Geraldo Julio, prefeito do Recife:
"Lamento profundamente o falecimento de Raymundo da Fonte. Empresário de sucesso e com papel destacado no desenvolvimento industrial do Estado, criou produtos e marcas que se tornaram verdadeiros símbolos de Pernambuco e do Nordeste brasileiro. Desejo que sua família encontre conforto na certeza de que seu legado fez a diferença na vida de muitas outras famílias nas últimas décadas."  

Eduardo de Queiroz Monteiro, presidente do Grupo EQM:
"Dr. Raimundo da Fonte, uma extraordinária figura, do alto dos seus 99 anos, vividos intensamente, nos deixa como exemplo uma trajetória absolutamente reta, pautada na formação de uma família decente, numerosa e respeitável e na edificação de um grupo empresarial modelar no Norte e no Nordeste brasileiro. Para minha geração, será sempre um farol luminoso a balizar nossa caminhada." 

Bruno Schwambach, secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco:
“Raymundo da Fonte faz parte da história empresarial de Pernambuco por sua liderança nos negócios, mas também porque soube, como poucos, criar uma identidade com os consumidores. São mais de 70 anos de atuação na indústria, o grupo cresceu e colocou grandes marcas no mercado nacional, batendo de frente com multinacionais. Sua trajetória segue sendo um exemplo para Pernambuco”.

Bernardo Peixoto, presidente da Fecomercio: 

"Em nome da Fecomércio-PE, o presidente Bernardo Peixoto se solidariza e transmite seus mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos pelo falecimento do empresário pernambucano Raymundo da Fonte. Com um grande legado para o comércio do Estado, ratificamos nosso voto de pesar pela grande perda e agradecemos à dedicação e trabalho prestado."

Ricardo Essinger, presidente da Fiepe:
"É com profundo sentimento de pesar que a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) lamenta o falecimento do empresário Raymundo da Fonte, aos 99 anos. Líder incomparável, o empresário industrial fundou uma das empresas mais importantes do Estado, criando marcas de sucesso e de amplitude nacional.

O empresário deixa um legado inovador, que o colocou como um dos gigante do setor de limpeza, higiene pessoal, condimentos e inseticidas do Brasil. Um homem íntegro e um empresário criativo que fará muita falta para as nossas vidas. Nós, que fazemos a diretoria da FIEPE, manifestamos a nossa solidariedade e as mais sinceras condolências à família e amigos por esta inestimável perda."


Jarbas Vasconcelos, senador:
“Tinha por Raymundo da Fonte uma amizade de muitos anos e admiração pessoal. Ele foi uma das personalidades mais preciosas do nosso tempo. Um homem extremamente simples, discreto, trabalhador, correto, um líder impecável, empreendedor sólido que construiu um conglomerado empresarial, gerador de centenas de empregos. Mas, certamente seu maior patrimônio foi a família que construiu e se dedicou durante toda a sua vida. Meus sentimentos a D. Elza e seus familiares pela irreparável perda.”  

Últimas