Organizadores da Olimpíada estão se preparando para adiamento

A pressão pela prorrogação das Olimpíadas vem aumentando, no entanto, vinda dos próprios atletas e de comitês olímpicos locais dos países participantes - incluindo o órgão brasileiro

A pressão pela prorrogação das Olimpíadas vem aumentando, no entanto, vinda dos próprios atletas e de comitês olímpicos locais dos países participantes - incluindo o órgão brasileiro

A pressão pela prorrogação das Olimpíadas vem aumentando, no entanto, vinda dos próprios atletas e de comitês olímpicos locais dos países participantes - incluindo o órgão brasileiro

Folha de Pernambuco

Os organizadores das olimpíadas de Tóquio estão começando a se preparar para um possível adiamento frente à pandemia do coronavírus. A informação é da agência de notícias Reuters, que falou sob condição de anonimidade com duas fontes próximas à organização do evento.

"Finalmente nos deram o sinal verde para fazer uma simulação do que aconteceria se adiássemos os jogos", comentou uma das fontes. A posição oficial do governo japonês e do COI (Comitê Olímpico Internacional) é que o adiamento ainda não está em consideração, e as competições seguem planejadas para julho.

A pressão pela prorrogação das Olimpíadas vem aumentando, no entanto, vinda dos próprios atletas e de comitês olímpicos locais dos países participantes - incluindo o órgão brasileiro. O COB divulgou nota ontem defendendo o adiamento, citando que atletas não conseguirão "manter seu melhor nível competitivo" em meio a uma pandemia que cancelou treinos e competições esportivas.

Leia também:
Europa chega a 160 mil casos de coronavírus, o dobro da China
Prefeitura do Recife anuncia mais 208 leitos para casos de coronavírus