Política Crise no MEC: secretário de Educação Superior pede demissão

Crise no MEC: secretário de Educação Superior pede demissão

Arnaldo Lima Júnior alegou motivos pessoas para deixar o cargo; saída ocorre logo após o presidente da Câmara pedir mudanças na pasta

  • Política | Do R7

Lima Júnior era um dos principais auxiliares do ministro

Lima Júnior era um dos principais auxiliares do ministro

Valter Campanato/Agência Brasil

O Secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), Arnaldo Lima Júnior, pediu demissão quinta-feira (30). A informação foi divulgada pelo site do jornal O Estado de S.Paulo. 

Lima Júnior era um dos principais auxiliares do ministro da Educação, Abraham Weintraub, Lima comunicou seu desligamento alegando motivos pessoais. A demissão ocorre em meio a uma das maiores crises da pasta, após a constatação de erros na divulgação de notas no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e falhas no Sisu (Sistema de Seleção Unificada). 

Lima é funcionário de carreira do antigo Ministério do Planejamento, hoje na pasta da Economia, e retorna à sua função anterior. O secretário deixa o cargo no mesmo dia em que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), subiu o tom das críticas ao ministro Weintraub. 

Durante sua passagem pelo secretaria, Lima foi responsável pelo desenho do Future-se, principal bandeira de Weintraub voltado para as universidades federais. 

Últimas