Augusto Heleno resumiu o que pensa o Brasil decente

O mimimi dos chantagistas

Reprodução/Record TV

Numa conversa com integrantes do governo Bolsonaro, o general Augusto Heleno resumiu o que acha da repulsiva voracidade exibida por uma multidão de congressistas no ataque ao Orçamento da União: "Não podemos aceitar esses caras chantageando a gente", disse o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, completando o desabafo com um palavrão. Captado por uma transmissão ao vivo, o parecer deixou amuado o presidente da Câmara dos Deputados. Com cara de choro, Rodrigo Maia qualificou o general de "radical ideológico contra a democracia".

Haja cinismo. Maia e seus parceiros mais chegados sabem perfeitamente que a frase de Augusto Heleno não foi endereçada à instituição. "Esses caras" não são os parlamentares que tratam com respeito o dinheiro dos pagadores de impostos.

Esses caras são os deputados e senadores que aprovam indecências como o bilionário Fundo Eleitoral, engordam o obsceno Fundo Partidário e multiplicam a bolada das verbas impositivas. Esses caras não estão no Partido Novo. Estão no Centrão, infestam o conglomerado oposicionista. São esses caras que elegem os rodrigosmaias e davisalcolumbres.

Os brasileiros decentes subscrevem sem ressalvas o que disse Augusto Heleno. É hora de acabar com a desfaçatez dos chantagistas fantasiados de pais da Pátria .